A sonoridade de Jimi Hendrix

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Segundo os teóricos, ruído é a ausência de comunicação. Mas para Jimi Hendrix, o que parecia ser um defeito técnico indesejável se transformou em forma de expressão ao incorporar o elemento da microfonia em seus arranjos e solos de guitarra. James Marshall Hendrix  nasceu em  Seatle em 1942. Fã de blues cresceu ouvindo BB king, Muddy Waters e Robert Johnson. Depois de ficar  um pouco mais de um ano na divisão de paraquedistas do exército,  Hendrix começou a trabalhar como músico contrato de vários  artistas como The Isley Brothers e  Little Richard.

Segundo os teóricos, ruído é a ausência de comunicação. Mas para Jimi Hendrix, o que parecia ser um defeito técnico indesejável se transformou em forma de expressão ao incorporar o elemento da microfonia em seus arranjos e solos de guitarra. James Marshall Hendrix  nasceu em  Seatle em 1942. Fã de blues cresceu ouvindo BB king, Muddy Waters e Robert Johnson. Depois de ficar  um pouco mais de um ano na divisão de paraquedistas do exército,  Hendrix começou a trabalhar como músico contrato de vários  artistas como The Isley Brothers e  Little Richard.

Através de um amigo  Hendrix  saiu de NY para viver em Londres e por lá  montou em 1966 um dos projetos mais importantes da história do rock. A sonoridade do  power-trio Jimi Hendrix Experience, que contava com Mitch  Mitchell na bateria e Noel Redding no baixo  foi de encontro ao  interesse  do rock inglês daqueles dias pelo blues americano, gênero que Jimi Hendrix dominava. O primeiro disco do trio já contabilizou na carreira do guitarrista  sucessos avassaladores, além de dar a direção dos  trabalhos futuros.

Em 67 Hendrix retorna a America, agora como um artista  e se apresenta no Festival Internacional de Montery na Califórnia, que é conhecido como o inicio do verão do amor da cultura hippie.   Durante o show Jimi Hendrix imortalizou  a clássica cena ao incendiar e quebrar a sua guitarra em pleno palco.

Fã de tecnologia, Jimi Hendrix dominava  como ninguém a utilização de pedais de efeitos e distorções além de   fazer experimentações nos   estúdios . E nesse requisito ele foi muito bem auxiliado pelo amigo e engenheiro de som Eddie Kramer, que conquistou  bastante respeito com os seus trabalhos ao lado de Hendrix.

No verão de 1969 Hendrix possuía um amadurecimento musical surpreendente o que levou a participar do emblemático Festival de Woostock, já com um novo projeto que se tornaria mais tarde a Band of Gypsys.  Sobre Woodstock Hendrix era uma das estrelas e ficou para o final do evento a sua apresentação,  mas o cansaço da maratona de três dias limitou bem o  público   que testemunhou  uma apresentação histórica

Hendrix foi um produtivo artista que além dos 3 lp’s e vários compactos deixou centenas de gravações inéditas que são lançadas até hoje pela bem sucedida empresa da família do músico.  Jimi Hendrix, que morreu aos 27 anos em 1970,  se tornou uma lenda do rock tal qual Janis Joplin e  Jim Morrison  que  se lançaram para o estrelato, tiveram sucesso por apenas uns poucos anos, e morreram ainda jovens.

 

 

Acompanhe nesta edição do quadro Música é Cultura a sonoridade do guitarrista Jimi Hendrix, que é considerado um dos ícones do rock.

 

entre em contato:

musicaecultura@cbncampinas.com.br

produção

Walmir Bortoletto

edição

Paulo Girardi

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

A black music inglesa dentro do formato Brit Funk

O termo brit funk foi usado para descrever esse novo som que as bandas estavam fazendo, mesmo com a forte influencia americana eles conseguiam manter  uma identidade , como  é caso do  Light of the World, uma super banda que tinha inúmeros  componentes  o estilo foi tão marcante que  vários de seus integrantes formaram outros  grupos.

Temporada de “The Rain” chega para fechar trama

A série norueguesa “The Rain” chega ao fim e os episódios já estão disponíveis na Netflix. Outra novidade do serviço de streaming é a brasileira “Mundo Mistério”, roteirizada e apresentada pelo youtuber Felipe Castanhari. Na Amazon Prime, produções brasileiras também são destaques, assim como a aclamada “24 Horas”.