Piracicaba fecha comércio e proíbe venda de álcool

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Arquivo/Wikipedia

Piracicaba não seguirá a orientação do governo do Estado de progressão para a fase Laranja do Plano São Paulo e vai manter seu comércio fechado. A decisão foi tomada pelo Comitê Municipal de covid-19, e é baseada nos números de casos da doença, que têm aumentado no município. Além disso, um decreto municipal vai proibir a partir desta quarta-feira a comercialização de bebida alcoólica por qualquer estabelecimento a partir das 18 horas. A medida vale para todo estabelecimento que trabalha com o produto, seja serviço essencial ou não. Nem mesmo as entregas por delivery serão permitidas após o horário.

O endurecimento nas medidas de combate à pandemia é necessário, segundo o município, devido ao crescimento acelerado de casos confirmados e de óbitos por covid-19 na cidade.  Na última sexta-feira, foram confirmados mais 171 casos e seis mortes, totalizando 4.230 casos e 120 óbitos. Esse cenário é três vezes maior do que era a um mês atrás, quando o município registrava no dia10 de junho um total de 1.103 casos confirmados e 43 óbitos.

O número de internações também aumentou. De 01 de julho até agora, a taxa de ocupação hospitalar cresceu 21,3%, considerando leitos de UTI e enfermaria. Segundo o coordenador de vigilância em saúde de Piracicaba, Moisés Taglieta, diante do atual cenário, manter o município na fase vermelha do plano significa salvar vidas. Ele disse que é importante que as pessoas entendam a importância do isolamento social. Com a ocupação dos leitos chegando perigosamente ao limite dos 80%, a gente não poderia tomar outra decisão, de forma prudente, séria e de proteção à vida dos nossos munícipes, a não ser manter a fase vermelha. E tentar o máximo possível que as pessoas cumpram o isolamento social que é o que temos de efetivo”, afirma.

Pelo Decreto Municipal publicado nesta segunda-feira,13, ficou estabelecido que o município continua somente com serviços essenciais abertos até o dia 30 de julho.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também