Ocupação de UTI atinge menor taxa desde maio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Na semana em que o avanço para a fase amarela pode ser anunciado pelo governo paulista, a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular caiu para 76,64%, na tarde desta terça-feira. 

O índice é o menor desde o dia 29/05 quando a taxa ficou em 75,42%. No mês de junho todo a ocupação ficou sempre superior aos 80% chegando até na casa dos 90%.

Nesta terça havia um total de 411 leitos sendo que 315 estavam ocupados e 96 leitos livres. Na segunda-feira a ocupação estava em 81,42%.

Tanto no SUS quanto na rede particular houve queda na taxa de ocupação. Na rede pública municipal, nesta terça, eram 150 leitos, dos quais 117 estavam ocupados, o equivalente a 78%. Na segunda, a ocupação era de 85,91%

Com relação aos leitos municipais, não houve redução. Nesta terça, cinco leitos do Hospital Mário Gatti seguiam bloqueados para regulação por conta da necessidade de isolamento de pacientes. Na segunda, eram seis.

No SUS Estadual (AME + HC da Unicamp) eram  93 leitos, dos quais 79 estavam ocupados, o que corresponde a 84,95%. No dia anterior a taxa de ocupação era de 87,10%.

Já a rede particular dispunha de 168 leitos, dos quais 119 estavam ocupados, o que equivale a 70,83%. Na segunda-feira, a ocupação estava em 74,25%.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

CBN Campinas

99,1 FM

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também