Prefeitura lança edital para represa em Campinas

Foto: Reprodução/Facebook

A Prefeitura de Campinas anunciou nesta segunda-feira o lançamento do projeto para a construção de uma represa, que servirá como reservatório de água para a cidade. O prazo entre conclusão do projeto, desapropriação de mais de 3 milhões de metros quadrados, e a obra, na região dos distritos de Sousas e Joaquim Egídio, é de quase cinco anos.

Após o edital ter sido assinado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB), um processo de licitação será aberto para a escolha da empresa que será responsável pela construção da represa, orçada inicialmente em R$ 379 milhões. 

Jonas afirma que quando o reservatório estiver pronto, não haverá mais enchente no Distrito de Sousas, como ocorre habitualmente em dias de chuvas volumosas.

Antes do início das obras, o projeto leva cerca de dois anos e meio para ficar pronto, como explica o diretor técnico da Sanasa, Marco Antônio dos Santos.

O custo da construção será bancado totalmente pela Sanasa. O prefeito diz que a empresa vai buscar financiamento para levantar esse valor.

A expectativa da Prefeitura é de que a empresa vencedora da licitação possa conseguir baixar o valor orçado inicialmente. Jonas Donizette afirmou que o projeto do reservatório substitui uma intenção anterior da Sanasa, de captar água do Sistema Cantareira por meio de tubulação, que não saiu do papel.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.