Queda de acordos não reflete melhora da economia

O número de pedidos de falência em julho caiu 12% em relação ao mês anterior em todo o país, segundo levantamento da Boa Vista. Mas as falências decretadas aumentaram quase 17% no mesmo período.

No acumulado de 12 meses, porém, as empresas que foram obrigadas a fechar por falta de recursos registraram aumento. O economista da Boa Vista, Flávio Calife, afirma que a queda de julho não reflete ainda uma recuperação econômica.

Os pedidos e deferimentos de recuperação judicial caíram quase 40% no último mês. Nesse caso, a avaliação de cada empresa não tem uma data pré-estabelecida e um prazo para ser concedida, como explica o economista.

Com a reabertura do comércio e uma reação em cadeia, atingindo indústria e serviços, Flávio Calife prevê que a economia volte a crescer, mesmo em ritmo menos acelerado no segundo semestre.

Os dados de falência e recuperação judicial são obtidos por meio do Serviço Central de Proteção ao Crédito, enviados por fóruns, varas de falências, Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.