Unicamp desenvolve teste de covid-19 com levedura

Pesquisadores da Unicamp estão desenvolvendo um novo modelo de teste para diagnóstico da covid-19. O chamado Coronayeast promete ser rápido e barato, e pode detectar o vírus em levedura, que ganha cor vermelha ao confirmar a infecção. O exame está em desenvolvimento no Laboratório de Genômica e bioEnergia da universidade, e analisa amostras de saliva ou material coletado da nasofaringe dos pacientes. 

A equipe já pediu a patente da invenção, garantindo exclusividade para explorá-la comercialmente. Mas ainda é preciso financiamento de R$ 500 mil a R$ 1 milhão para levar o produto ao mercado em um prazo de até seis meses. 

A intensidade da fluorescência detectada nos testes representa a quantidade proporcional do vírus na amostra. As leveduras são organismos bastante usados na fabricação de alimentos e bebidas fermentadas, como pão e vinho. 

Ainda não se sabe o tempo exato necessário para obter o diagnóstico a partir do exame, mas inicialmente o resultado é esperado em no máximo 4 horas. Se não há presença do vírus, a levedura permanece na cor natural, que é bege-amarelada. 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.