Advogado de Campinas é preso em megaoperação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Uma operação da Polícia Civil para apurar desvio de verbas da Saúde cumpriu mandados de busca e prisão temporária nesta terça-feira em Campinas, Paulínia, Atibaia, Bragança Paulista e Jundiaí. 

A operação Raio-x foi desencadeada pela Polícia Civil de Araçatuba, em conjunto com a Polícia Federal do Pará e o Ministério Público de São Paulo. Somente na cidade de Campinas, são três mandados, de acordo com informações do Deinter-2.

O delegado que comandou a operação na cidade, Osvaldo Diez Filho, explica que um dos alvos em Campinas é um advogado, que foi preso. O nome não foi divulgado, pois a polícia mantém o sigilo da investigação.

A ação tem ligação com a Operação SOS, que foi originada no Pará. O gabinete do governador Helder Barbalho (MDB) foi alvo. Dois secretários estaduais e dois assessores foram presos. Barbalho é investigado, mas não há mandado de prisão contra ele.

Segundo a polícia, o esquema envolve uma organização criminosa que desvia recursos de uma organização social que atua em diversos estados. Além de São Paulo e Pará, são feitas buscas em Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso do Sul.

No Estado de São Paulo, a polícia realizou buscas na Secretaria Estadual de Saúde. Os alvos são um médico e uma advogada, que trabalham para a pasta. Outra busca foi realizada no gabinete do vereador da Capital, Eliseu Gabriel (PSB). O parlamentar não é investigado, mas sim um funcionário.

Os investigados são suspeitos de pagar propina a agentes públicos para obter contratos da Saúde. Eles devem responder por fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.