Unicamp finaliza testes com vacina chinesa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valéria Hein

A Unicamp encerrou sua participação na fase de testes da vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e pelo Instituto Butantan. O HC era uma das doze instituições que fazem parte do estudo. Foram 500 doses ministradas em colaboradores do próprio Hospital de Clínicas da universidade e de outras unidades de saúde da região. A expectativa é que esta etapa, última antes da conclusão da pesquisa, se encerre até o dia 15 de outubro. Ao todo, nove mil voluntários de todo país receberam a vacina. Os resultados da pesquisa deverão ser divulgados em breve.

Caso o processo seja bem sucedido, o governo de São Paulo acredita que as doses da vacina já poderiam estar disponíveis a partir de outubro deste ano. A vacina foi aplicada em duas doses, com intervalo de 14 dias em cada voluntário, sendo que grupos dos voluntários foram chamados aos poucos, em prazos diferentes. Entre os 500 voluntários que participaram do estudo do HC, metade recebeu a vacina, que contém o vírus inativo, e metade receberam o placebo- medicamento neutro que não contém efeito direto em doenças. Dessa forma, os pesquisadores colhem análises e observam a eficácia da vacina.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também