Árvores na Rua Abolição preocupam vizinhos

Foto: Danilo Braga

Com a chegada do período de temporais e ventos fortes, as ocorrências de quedas de árvores voltam a preocupar moradores e comerciantes da Rua Abolição, em Campinas. As árvores estranguladas no canteiro central estão estourando o calçamento, sem terem mais para onde crescer.

O Departamento de Parques e Jardins garante que essas árvores, plantadas nesses canteiros há muitos anos, não apresentam risco iminente de queda. Porém, admitiu que o porte dessas espécies é inadequado ao local onde estão.

O DPJ chegou a elaborar um laudo e prometeu a extração dessas árvores, que seriam substituídas por exemplares mais adequados. A promessa ocorreu no início do ano e seria necessário aguardar o fim do período de chuva para o serviço começar. No entanto, o período de chuva começou e de novo e a preocupação continua.

Para Josiete Nóbrega, que tem uma empresa bem em frente a uma dessas árvores, a sensação é de que elas estão prestes a cair. Silvia Jioia fica dividida entre a satisfação de caminhar sob a sombra que refresca o ambiente e a preocupação com acidentes.

Alex Fernandes é funcionário numa entidade no trecho e relata apreensão quando começam os temporais.
A intenção do DPJ é substituir essas árvores por espécies mais adequadas ao ambiente urbano.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.