CBN transmite cinco jogos do Brasileirão ao vivo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Os quatro times grandes de São Paulo e mais um confronto importante pela liderança do Campeonato Brasileiro são atrações nas transmissões ao vivo da CBN neste fim de semana. Confira os dias e os horários dos jogos.
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Os quatro times grandes de São Paulo e mais um confronto importante pela liderança do Campeonato Brasileiro são atrações nas transmissões ao vivo da CBN neste fim de semana.

Confira os dias e horários dos jogos.

SÁBADO – 21/11

18h00 – Futebol Globo CBN – Gustavo Zupak e equipe

19h00 – Campeonato Brasileiro: Athletico-PR x Santos – Vinicius Moura e Raphael Prates

21h00 – Campeonato Brasileiro: Goiás x Palmeiras – Oscar Ulisses e Mário Marra

Após o jogo, Central da Bola – Gustavo Zupak e equipe

 

DOMINGO – 22/11

15h00 – Futebol Globo CBN – Gustavo Zupak e equipe

16h00 – Campeonato Brasileiro: São Paulo x Vasco da Gama – Oscar Ulisses e Mário Marra

18h15 – Campeonato Brasileiro: Internacional x Fluminense – Edson Mauro e Carlos Eduardo Éboli

20h30 – Campeonato Brasileiro: Corinthians x Grêmio – Vinicius Moura e Raphael Prates

Após o jogo, Central da Bola – Gustavo Zupak e equipe

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Guarani pede adiamento de partida contra o Cuiabá

O Guarani entrou com um pedido na CBF para adiar a partida desta quinta-feira contra o Cuiabá na Arena Pantanal, às 21h30. O clube informou que 17 jogadores do elenco estão com a covid-19. Outros desfalques são o meia Arthur Rezende, suspenso, e o atacante Junior Todinho, lesionado. Estão em condições de jogo apenas 12 atletas. O número mínimo exigido pela CBF é de 13. A entidade ainda não se manifestou em relação ao pedido de adiamento.