Manifestantes fazem ato no Carrefour da Norte-Sul

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto enviada por ouvinte

Dezenas de manifestantes realizaram uma manifestação na manhã deste sábado, 21, em frente ao Carrefour da Avenida Norte-Sul, em Campinas. A motivação foi o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, após ser agredido por um segurança de uma unidade do grupo em Porto Alegre, na última quinta-feira. Testemunhas filmaram a agressão e as imagens foram compartilhadas nas redes sociais. O caso ganhou repercução em todo o Brasil, com uma onde de protestos em frente às unidades do supermercado.

Em Campinas, dezenas de pessoas estiveram na manhã deste sábado em frente à unidade da Norte-Sul, onde realizaram um protesto pacífico. Com cartazes e palavras de ordem, eles exigiram um posicionamento mais firme da rede em relação aos casos de racismo. A vítima era negra e morreu no local. Os agressores estão presos. Veja fotos da manifestação na galeria abaixo.

Após o assassinato, o presidente global do Carrefour, Alexandre Bompard, se manifestou lamentando a ocorrência e garantiu que medidas internas foram imediatamente tomadas pelo Grupo Carrefour Brasil, principalmente em relação à empresa de segurança contratada. Ele reforçou que os valores do grupo não compactuam com racismo e violência.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também