Foragido há 16 anos por matar esposa é preso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Arquivo

Policiais Civis de Campinas prenderam, nesta segunda-feira, Geneílson Gomes Leal, de 47 anos. Ele é acusado de matar a mulher e atirar contra a enteada e uma filha em 11 de agosto de 2004, na cidade de Pedra (PE). Ele estava foragido há 16 anos e morava com uma nova família na região do Jd. São José, em Campinas.

De acordo com informações da polícia, Geneílson teve um filho com a nova companheira e tinha dois enteados. 

Há anos em investigação por parte da Polícia Civil de Pedra (PE), eles chegaram a ter a informação de que o homem estaria trabalhando em uma olaria em Campinas. Após trabalhos dos investigadores, eles localizaram o suspeito em um imóvel nesta segunda. 

Aos policiais, de início ele disse não saber de nada mas depois confessou o crime. Disse que realmente atirou para matar a companheira, a professora Tereza Aparecida Rêgo, e que ele fez isso porque a mulher estava o traindo. Geneílson teria dito ainda aos policiais que atirou contra a filha pois “ela defendia a mãe”. A menina sobreviveu.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também