Redes ampliam leitos para manter ocupação em 56%

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Campinas conta nesta segunda-feira, com 176 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 nas redes pública e particular. São oito a mais se comparado ao último balanço divulgado na sexta-feira, quando eram 168.

 Deste total, 100 estão ocupados, o que corresponde a 56,8%. São três pessoas internadas a mais na comparação à sexta-feira. 

Ao todo, atualmente, são 76 leitos livres somando as redes pública e particular. Eles estão divididos na seguinte forma: 

  • SUS Municipal: 64 leitos, dos quais 48 estão ocupados, o que equivale a 75%. Há 16 leitos livres.
  • SUS Estadual: 30 leitos, dos quais 7 estão ocupados, o que corresponde a 23,3%. Há 23 leitos vagos.
  • Particular: 82 leitos, dos quais 45 estão ocupados, o que equivale a 54,9%. Há 37 leitos disponíveis.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Comércio da RMC perde R$ 5 bi em faturamento em 2020

De acordo com os dados da Boa Vista SCPC, o comércio da região sofreu com uma queda de 13,67% no faturamento e de 6,10% no volume de vendas, em 2020, na comparação feita 2019. Em termos monetários a queda no faturamento regional foi de R$ 5 bilhões. Apesar das reduções nos índices o faturamento na RMC foi de R$ 5,9 bilhões, um movimento financeiro que corresponde a 93,90% do faturado em 2019.