Entidade pede que bares e restaurantes fiquem abertos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Divulgação/Giovannetti

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas (Abrasel) enviou um ofício à Prefeitura solicitando que a cidade recue do Decreto que colocou todo o Estado de São Paulo na Fase Vermelha do Plano São Paulo no final do ano.

A entidade pede que Campinas permaneça na Fase Amarela, o que permite a abertura de bares e restaurantes, na virada do ano e no final de semana seguinte, entre 31 de dezembro e 2 de janeiro.

O primeiro fim de semana de fechamento, entre 25 e 27 de dezembro, já trouxe prejuízos ao setor, como conta o gerente do Giovanetti, Wagner Bordin.

Como o fim de ano sempre foi movimentado em bares e restaurantes, o proprietário do Bar Candreva, André Mandetta, espera diminuir as perdas com o serviço de encomenda e delivery.

Segundo a Abrasel, 20 municípios paulistas contestaram o Decreto Estadual e mantiveram os bares e restaurantes abertos ao público, como é permitido na Fase Amarela do Plano São Paulo. Nenhuma delas é da Região Metropolitana de Campinas.

A associação justifica que que o setor de Alimentação Fora do Lar tem seguido todos os protocolos e determinações das autoridades. Por causa da pandemia, o faturamento dos bares e restaurantes deve fechar 2020 com queda de 60% e mais de 15 mil postos de trabalho fechados.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também