Jogadores da Ponte voltam a falar; Guarani multa atletas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Depois da greve de silêncio, iniciada ao ser noticiado o atraso de pagamentos no elenco, o meia Camilo foi o primeiro jogador da Ponte Preta a voltar a conversar com a imprensa. O camisa 10 falou sobre a atuação contra o Náutico, o que esperar do confronto de quinta-feira contra a Chapecoense e ainda revelou que o boicote à imprensa foi decidido por meio de votação entre os jogadores.
Arte: CBN Campinas

Depois da greve de silêncio, iniciada ao ser noticiado o atraso de pagamentos no elenco, o meia Camilo foi o primeiro jogador da Ponte Preta a voltar a conversar com a imprensa. O camisa 10 falou sobre a atuação contra o Náutico, o que esperar do confronto de quinta-feira contra a Chapecoense e ainda revelou que o boicote à imprensa foi decidido por meio de votação entre os jogadores.

O Guarani anunciou que o volante Lucas Abreu e o atacante Júnior Todinho foram multados em parte dos direitos de imagem por terem ido a uma casa noturna de Campinas em plena pandemia da covid-19. O clube informou, por meio de nota, que não poderia afastar os jogadores por já ter o elenco desfalcado pelos casos positivos da doença. O Bugre joga nesta quarta em casa contra o Vitória.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Jogos mantêm horários mesmo na fase vermelha

As novas restrições do Plano São Paulo do Governo do Estado, com todas as cidades na fase vermelha, determinam a paralisação das atividades às 20h. Mesmo assim, a medida não atinge jogos de futebol. Por isso, as partidas que terminam depois desse horário não precisam ser alteradas.