Ocupação de UTI para Covid-19 em Campinas é de 82%

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Braga

De acordo com dados divulgados pela Prefeitura de Campinas, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 atingiu na tarde do ultimo sábado 82%.  O índice é referente as redes de saúde publica e privada.

Do total de 239 unidades, 196 estavam ocupados. Na rede pública são 90 leitos e desses 82 ocupados, o que corresponde a 91%.

Já na rede privada são 132 unidades e 98 ocupados, ou seja, 74% de ocupação. Na somatória, Campinas mantinha até o final da tarde de sábado, 43 leitos disponíveis, sendo 8 na rede pública municipal e 1 na rede estadual no HC da Unicamp. Nos hospitais privados, que oferecem 132 leitos, 98 se mantinham ocupados, o que equivale a 74%.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Combustível e gás de cozinha sofrem novo aumento

Um novo reajuste para os combustíveis foi anunciado pela Petrobras. O aumento foi de 4,8% nas bombas. O preço do litro da gasolina para as distribuidoras subiu para R$ 2,60, o que representa um aumento médio de R$ 0,12 por litro no preço de venda. Este é o quinto reajuste da gasolina em 2021. No acumulado de 2021, o aumento já soma  41,3% aos distribuidores. Wilson Bernardes é autônomo e trabalha com entregas.  A cada dia, ele vê o lucro do negócio despencar porque, com a crise, ele não tem como repassar esse aumento para os clientes.