SUS tem ocupação de UTI-covid superior a 90% em Campinas 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Braga

A rede pública de saúde em Campinas segue sofrendo pressão do aumento de casos e internações no município. No Hospital de Clínicas da Unicamp, sem conseguir ampliar leitos, segue pelo terceiro dia seguido com 100% da capacidade do total de 17 estruturas existentes.

No SUS municipal, a taxa de ocupação subiu para 90,54% depois de mais duas novas internações em UTI. Ao todo são 74 leitos, sendo que 67 estão ocupados e outros sete disponíveis.

Na rede particular são 139 leitos, dos quais 102 estão ocupados, o que equivale a 73,38%. Há 37 leitos livres.

No geral, Campinas conta, atualmente, com 230 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 186 estão ocupados, o que corresponde a 80,87%, havendo 44 leitos livres.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

RMC tem queda drástica em negócios com o exterior

A balança comercial da Região Metropolitana de Campinas registrou queda drástica em novembro de 2020, de acordo com dados do Observatório PUC-Campinas. As empresas da região mais uma vez compraram mais produtos do que venderam no mercado internacional.