Campinas cobra estado para abertura de leitos de UTI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Henrique Bueno

Com a ocupação de leitos de UTI chegando ao limite em Campinas, a secretaria de saúde do município cobra do governo do estado a disponibilização de mais unidades para garantir o atendimento dos pacientes. Há alguns dias, a rede pública de Campinas opera com uma ocupação de UTI próxima a 100%. Diariamente, o Hospital Mário Gatti atende até 120 pessoas em seu gripário, local destinado para pacientes com possíveis sintomas de covid-19. No Hospital Ouro Verde, o atendimento é de até 90 pessoas por dia. Em janeiro, 3,5% desse total de pacientes precisavam de internação. Já em fevereiro, esse índice chegou a 5%.

A prefeitura trabalha na ampliação da oferta de leitos na cidade. Em cerca de 10 dias, deverão ser disponibilizados mais 24 leitos de enfermaria no Hospital Metropolitano e na UPA do Anchieta. Porém, a urgência é por leitos de UTI. O município estuda a ampliação da oferta em 18 unidades nos próximos dias, com uma possível realocação no Hospital Mário Gatti. Porém, o presidente da Rede Mario Gatti, Sergio Bisogni, disse que a atuação de Campinas tem limite e que é necessário uma intervenção maior do estado na disponibilização de leitos de UTI. Sobre o uso do Hospital de Campanha, o secretário de saúde Lair Zambon, chegou a dizer que a reabertura neste momento seria uma jogada de marketing. Nesta sexta-feira, ele se justificou dizendo que os leitos ofertados no Hospital de Campanha são ambulatoriais e a necessidade é por leitos de UTI.

Neste sábado, a partir das 09 horas, a prefeitura inicia o agendamento para pessoas com idade acima de 80 anos, que devem tomar a vacina contra a covid-19. A vacinação dessa faixa etária começará na segunda-feira, em quatro locais. Além do Centro de Vivência do Idoso, no Taquaral e do Caic da Vila União, as doses serão aplicadas também na Casa da Criança Paralítica, no Parque Itália e no Clube do Círculo Militar. Para essa etapa da vacinação, Campinas recebeu 13 mil doses.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também