MP pede informações sobre surto de covid-19 em escolas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Reprodução/Google Street View

O Ministério Público de São Paulo pediu esclarecimentos às escolas particulares de Campinas que registraram casos de Covid-19 entre alunos e funcionários. O pedido foi feito nesta terça-feira, dia 02, com prazo fixado em 10 dias para a respostas.

De acordo com o MP, o promotor Rodrigo Augusto de Oliveira instaurou procedimento administrativo para apurar detalhes dos fatos e sobre os protocolos de segurança adotados pelo Instituto Educacional Jaime Kratz e o Colégio Farroupilha. As duas unidades educacionais estão localizadas no bairro Taquaral. A Diretoria de Ensino também foi notificada para se manifestar sobre o caso. O promotor também solicitou à Vigilância Sanitária que faça vistoria nas escolas, com envio do relatório ao Ministério Público.

O primeiro surto de Covid-19 foi registrado na escola  Jaime Kratz, que atende cerca de 1300 alunos. A direção da unidade informou que  34 pessoas entre alunos e colaboradores testaram positivo. Os casos foram confirmados no dia 20 de janeiro e a maioria dos contaminados é formada por professores, no entanto , sete alunos apresentaram sintomas e um deles testou positivo para a doença. As aulas presenciais , que tinham sido retomadas no dia 25 de janeiro, com 35% dos alunos em forma de rodizio foram suspensa e mantidas apenas as aulas remotas.

No Colégio Farroupilha, as aulas presenciais também foram suspensas de forma preventiva por uma semana, após uma professora e a filha dela, de 2 anos, testarem positivo para Covid-19.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também