Campinas terá projeto-piloto para contenção da pandemia

Foto: Danilo Braga

Um projeto-piloto realizado pela Prefeitura em parceria com uma organização sem fins lucrativos pretende estudar uma nova metodologia de abordagem e controle da pandemia de Covid 19 em Campinas. A partir de maio, a cidade passará a usar estratégias baseadas em maior proximidade com a população por meio de campanhas de conscientização e no acompanhamento dos vetores de transmissão da doença.

A  comunicação dos órgãos de saúde passará a ser mais direta, como tem sido feito no combate à Dengue, para aumentar a percepção da população sobre os comportamentos de risco, segundo a Diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Andrea Von Zuben.

De acordo com o empresário Pércio de Souza, fundador e presidente do Instituto Estáter, organização responsável pelo financiamento do programa, a cidade já participou de outras análises da realizadas pela entidade e tem infraestrutura com capacidade para o desenvolvimento do estudo. Há um ano o instituto tem se dedicado a estudar as curvas da covid-19 no Brasil e no mundo.

Na segunda etapa do projeto, que deve acontecer desde que registrada queda no número de casos, aqueles que apresentarem suspeita ou que testarem positivo para Covid  serão monitorados para tentar conter a transmissão  do vírus nos núcleos primários de convivência destas pessoas.

O objetivo é que com quem o infectado tenha contato, siga as regras de segurança, para evitar a propagação do vírus.

De acordo com a prefeitura, alguns pontos do projeto ainda estão sendo definidos, como os bairros onde será aplicado e a quantidade de profissionais da saúde envolvidos.

 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Guarda Municipal prende dois homens com drogas em terminal

Dois homens, de 22 e 18 anos, foram detidos pela Guarda Municipal por tráfico de drogas dentro do Terminal Central de Campinas nesta quarta-feira. Com a dupla, foram encontradas 15 porções de cocaína, 41 de maconha, 4 de crack, R$ 200, três aparelhos de telefone celular, tesouras e papel para embalagem dos entorpecentes.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.