Taxa de transmissão da covid-19 está alta em Campinas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Reprodução/Site Observatorio Covid-19

A taxa de transmissão da covid-19 está em alta em Campinas. Depois de uma sequência de queda iniciada em 7 de março, quando estava em 1.19, chegando até 0.78 no dia 28 do mesmo mês, ela manteve uma pequena estabilidade mas, desde 11 de abril apresenta uma tendência de alta. Neste dia, a taxa ficou em 0.87, subindo para 1.01 no último dia 18.

O índice mais alto foi registrado em Campinas no dia 29 de março de 2020 com uma taxa de 1.52.

Os números são do Observatório Covid-19, utilizado pela Prefeitura de Campinas no que diz respeito ao monitoramento da doença e definição das ações a serem tomadas.

O Re, como é chamado, Número Reprodutivo Efetivo é a média de pessoas contaminadas por um infectado. Valores maiores que 1 indicam que o número de novos casos de covid-19 está aumentando, próximo de um indicam que a cada semana há um número constante de casos e apenas valores abaixo de um, por vários dias, indica seguramente tendência de redução no número de casos. 

O Observatório trabalha com dados semanais e com uma faixa de confiança. Atualmente, em 1.01, as margens ficam entre 0.78 e 1.3. Isso significa que cada 100 infectados podem contaminar desde 78 pessoas, o que mostraria uma queda, quanto outras 130, significando alta no contágio.Esse intervalo tem 95% de chance de incluir o valor real do Re.

O Número Reprodutivo Efetivo está diretamente relacionado ao número de pessoas circulantes em uma região e o contato entre elas. À medida que o isolamento cai, a tendência é que o Re aumente.

A previsão é que um novo índice da taxa seja divulgado em 25 de abril.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

83 bairros de Sumaré podem ficar sem água

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelo saneamento básico em Sumaré realiza uma manutenção preventiva na rede nesta terça-feira.  Em função disso, 83 bairros das regiões