Detentos têm “saidinha” autorizada pela Justiça

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Imagem: Google Street View

Cerca de 3,8 mil detentos do Complexo Penitenciário Campinas–Hortolândia têm até a próxima segunda-feira para retornarem às unidades prisionais.

A Justiça autorizou na última terça-feira  a “saidinha” dos quase 4 mil presos. Desde 2019, a Justiça autoriza a saída por uma semana de internos anualmente em janeiro, março, junho, setembro e dezembro.

A saída temporária, conhecida como “saidinha” é um benefício previsto em lei e depende de autorização judicial. Os condenados que cumprem pena em regime semiaberto, de bom comportamento, podem obter autorização para saída temporária para visitar familiares.

De acordo com informações da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo) no Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia, foi deferida a saída de 3.842 internos. Em Americana, que tem CDP (Centro de Detenção Provisória), não houve saída.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Homem é preso em flagrante por feminicídio em Campinas

Um jovem de 23 anos foi preso em flagrante, após se entregar à polícia na noite desta quinta-feira, informando que teria deixado a esposa de 28 anos desacordada em sua casa, no Jardim Satélite Íris, em Campinas.  Segundo a Polícia Militar, o homem teria asfixiado a companheira após uma discussão. 

Motorista de BMW é preso por adulterar placa do veículo

A PM prendeu em flagrante um engenheiro, de 47 anos, por adulterar a placa do carro que dirigia, uma BMW 118i, em Limeira. O caso ocorreu na última terça-feira. Os policiais realizaram uma blitz de trânsito no município e deram a ordem de parada ao motorista, que obedeceu.

Polícia prende jovem que fazia delivery de drogas

A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Americana prendeu um jovem de 21 anos, nesta quarta-feira, suspeito de tráfico de entorpecentes. Segundo a polícia, ele recebia as encomendas por telefone, preparava os pacotes no próprio apartamento, no Jardim da Balsa, e fazia as entregas.