Abrasel comemora movimento no Dia dos Namorados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Os empresários do setor de bares e restaurantes de Campinas ficaram satisfeitos com a movimentação registrada no Dia dos Namorados. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) na RMC, houve aumento de 50% no faturamento em relação a 2020, quando só foi possível atender para entregas e retiradas. A data é uma das três principais para o setor.
Foto: Divulgação/Giovannetti

Os empresários do setor de bares e restaurantes de Campinas ficaram satisfeitos com a movimentação registrada no Dia dos Namorados. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) na RMC, houve aumento de 50% no faturamento em comparativo com a data em 2020, quando só foi possível atender para entregas e retiradas.

A data é uma das três principais para o setor, e o crescimento ficou dentro do estimado. O presidente da Abrasel RMC, Matheus Mason, afirma que a movimentação foi muito positiva. “Especialmente pelo fato de os estabelecimentos criarem a ação ‘dias dos namorados”, sexta à noite já houve melhora significativa, muitos estabelecimentos trabalharam no almoço e seguiram até a janta, tendo movimento no começo da tarde, que antecipou o jantar do dia dos namorados, e isso ajudou”.

Em muitos estabelecimentos houve até demanda superior à prevista pelos proprietários, que acreditam que o faturamento poderia ter sido ainda maior, mas acabou sendo limitado pelas medidas de restrição, como não exceder 40% da capacidade de público com horário de funcionamento até no máximo 21h. “Atrapalha bastante, porém os estabelecimentos tiveram jogo de cintura, foram criativos, trabalharam outros dias para conseguir fugir disso, várias casas apontaram que tiveram sua capacidade de 40% lotadas, e isso mostra um sinal positivo para nossa retomada”.

Para a Abrasel, o movimento da data aposta que existe uma demanda reprimida do consumidor, indicando boas perspectivas para o setor nos próximos meses, com o avanço da vacinação no estado. “Acreditamos que daqui para frente a gente não tem mais o fortalecimento das restrições, e aos poucos vamos conseguir voltar com a vida normal nos estabelecimentos”.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também