Brasil estreia na Copa América de Basquete Feminino

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
A Seleção Brasileira Feminina de Basquete vai disputar a Copa América 2021 neste mês. Entre os dias 11 e 19 de junho o time Canarinho e mais nove seleções se juntam em San Juan, Porto Rico, para a competição. E Campinas tem uma representante: a armadora Tássia Carcavalli, do Vera Cruz, foi convocada pela segunda vez na carreira.
Foto: Reprodução/Site CBB

 

A Seleção Brasileira Feminina de Basquete vai disputar a Copa América 2021 neste mês. Entre os dias 11 e 19 de junho o time Canarinho e mais nove seleções se juntam em San Juan, Porto Rico, para a competição.

E Campinas tem uma representante: a armadora Tássia Carcavalli, do Vera Cruz Basquete, foi convocada pela segunda vez na carreira para vestir a camisa do Brasil. A primeira oportunidade foi na Olimpíada de Londres, em 2012.

“Retornar a Seleção foi muito gratificante para mim, é sinal de trabalho sendo reconhecido e eu me senti muito feliz.”

O treinador do Vera Cruz Campinas, Borracha, comenta sobre o bom trabalho que a armadora desempenha e o merecimento de representar o país.

“A Tássia é uma menina muito dedicada, perdeu um pouco de tempo em algum momento, mas o retorno dela para a Seleção é super importante, não só para a jogadora Tássia quanto para a pessoa. Ela está motivada, a fim de mostrar serviço, treina muito, se esforça muito e batalhou muito para retornar na Seleção Brasileira. Tássia é uma jogadora completa, faz duas, três posições e tem um tiro de três fantástico.”

Para a disputa da Copa América de Basquete, 12 atletas foram convocadas e apenas Tássia atua em Campinas. Há duas jogadoras do Sampaio Basquete do Maranhão, quatro do Ituano, duas do Sesi Araraquara, uma do LSB Rio de Janeiro e duas do basquete internacional (França e Estados Unidos).

No total 10 equipes disputam a competição e estão divididas em dois grupos. As quatro melhores colocadas se classificam as quartas de final e as duas que avançarem as semifinais garantem vaga para o Pré-Mundial, que será realizado em fevereiro de 2022.

José Neto, treinador da Seleção Brasileira, disse que a expectativa é grande e que o Brasil tem grandes de ser campeão.

“A gente pensa em jogar cada partida como se fosse uma partida final. Primeiro para a gente impor nossa forma de jogar e claro, avançando, a gente já está praticamente preparado com os aspectos mentais para enfrentar um adversário numa final, porque se a gente tratar cada jogo dessa forma a gente vai estar pronto para tal.”

Neto comanda a equipe há dois anos e em 2019 garantiu o título Pan-Americano sobre os Estados Unidos e foi medalha de bronze na Copa América do ano passado. O técnico atualmente trabalha no Atlético Petro, da Angola.

“Além do campeonato nacional, a gente participou de um campeonato africano de clubes, uma competição muito forte, ela foi toda gerida pela NBA, e foram dentro dos padrões da NBA, ou seja, um padrão de alta qualidade, que isso é importante para que a gente esteja apto no dia a dia para poder colocar à serviço da seleção o melhor.”

A Seleção Brasileira estreia contra o El Salvador na sexta-feira, dia 11 de junho, às 19h10. Depois encara Ilhas Virgens, Colômbia e Canadá.

“A expectativa é a melhor possível, a gente tem duas metas: a primeira é classificar para o Pré-Mundial e a segunda é ser campeão. Então cada jogo vai ser como se fosse uma final, fazer nosso melhor todo dia e conseguir conquistar nossos objetivos.”

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também