Conheça o primeiro carro voador de corrida do mundo

A empresa australiana Airspeeder concluiu os primeiros voos de teste com o Alauda mk3, um carro de corrida elétrico voador pilotado remotamente que tem decolagem e pouso verticais. Ouça no Podcast Transformação Digital.
Divulgação: Alauda

clique no player abaixo para ouvir o programa na integra:

A empresa australiana Airspeeder concluiu os primeiros voos de teste com o Alauda mk3, um carro de corrida elétrico voador pilotado remotamente que tem decolagem e pouso verticais.

O projeto teve início em 2019 e os testes foram supervisionados pela autoridade de segurança de aviação civil da austrália. O veículo, que tem semelhança com speeders de Star Wars, pesa 130 kg, pode atingir 99 km/h e chega a altitude máxima de 500 metros em 2,8 segundos.

A empresa espera que as primeiras corridas com carros voadores elétricos aconteçam ainda em 2021 em três locais internacionais e devem contar com pilotos experientes da aviação, automobilismo e esports para pilotar remotamente com auxílio de realidade aumentada.

 

Ouça os episódios mais recentes do Transformação Digital CBN



Para você que estiver ouvindo esse episódio pelo Spotify não esqueça de clicar no botão “seguir”, e se você estiver ouvindo pelo Apple Podcasts deixe suas 5 estrelas e comentário.

Tem algum comentário sobre o novo formato do podcast? Tem alguma dúvida sobre este assunto? Quero saber sua opinião, me procure no instagram, twitter e no facebook para gente continuar este diálogo.

 


 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

A inteligência artificial pode se tornar autoconsciente?

Neste episódio do Transformação Digital CBN, repercutirmos os recentes acontecimentos sobre o artigo do então engenheiro sênior de software da Google, Blake Lemoine, de 41 anos, que afirmou que umas das tecnologias que ele estava trabalhando ganhou autoconsciência.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.