Suspeito de assalto a condomínio no Gramado é preso em Hortolândia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação/DEIC

Policiais da DEIC (Divisão Especializada de Investigações Criminais) de Campinas, prenderam na tarde desta segunda-feira em Hortolândia, um homem, 27 anos, suspeito de participar do roubo a um condomínio de alto padrão na região do Gramado. Um segundo procurado não foi localizado.

Durante as investigações, os policiais identificaram duas pessoas, dentre as cinco, envolvidas no roubo. 

O crime aconteceu dia 06 deste mês às 22 horas, quando cinco criminosos entraram no quintal de uma casa no condomínio e renderam o morador, de 32 anos, uma criança de 3 anos e uma babá.

O homem foi amarrado pelos criminosos com o cadarço do próprio sapato e levou uma coronhada na cabeça. A funcionária e o menino não foram agredidos, mas, segundo a vítima, eles presenciaram grande parte dos ataques. 

No local, eles roubaram relógios e joias e fugiram pelos fundos da residência.

O preso nesta segunda-feira, que já responde por roubo, foi encaminhado a cadeia do 2º DP (Distrito Policial) de Campinas. 

Vídeo: Divulgação/DEIC

 

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Mulher leva três tiros durante assalto em Jaguariúna

Uma mulher de 27 anos foi atingida por três tiros durantente uma assalto que aconteceu na madrugada deste sábado, 22, em Jaguariúna. Ela e a namorada estavam em um carro, em frente à casa onde mora, no bairro JArdim Planalto. Os bandidos chegaram e anunciaram o assalto. A violência com que agiram foi tamanha, que as duas vítimas foram puxadas para fora do carro.

Dupla que matou frentista em Vinhedo é presa na Paraíba

Dois homens acusados de matarem o frentista Wedson dos Santos Alencar, 21, no primeiro dia do ano em Vinhedo foi presa pela Polícia Civil, na cidade de São Vicente do Seridó, na Paraíba. A dupla foi presa pela 23ª Delegacia Seccional e pelo Núcleo de Homicídios da 13ª Delegacia Seccional da Paraíba após mandados de prisão expedidos pela justiça paulista sobre o caso.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.