Unicamp deve exigir vacinação para retorno de alunos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução/CBN Campinas

A Unicamp pretende voltar com 100% das atividades presenciais já no início do ano letivo de 2022. O campus terá adaptações para que haja distanciamento entre os alunos. Mas para ter acesso às dependências, o reitor Antônio José de Almeida Meirelles, o Tom Zé, pretende que tanto os estudantes quanto professores e funcionários apresentem comprovante de vacinação. “Não é possível um local de ciência não exigir a vacinação”, diz.

Segundo o reitor, são poucos os servidores da Unicamp que ainda não se imunizaram, mas o comprovante também será exigido para que esses funcionários retornem às atividades presenciais. “Temos um sistema que exige a obrigatoriedade. Temos apenas cinco casos em uma estrutura de quase 8 mil pessoas”, conta Tom Zé.

A exigência do comprovante para os alunos precisa ser aprovada em votação que acontece na próxima terça-feira, dia 7 de dezembro, em reunião convocada pela reitoria da Unicamp. Em caso de crescimento dos casos da covid-19, o reitor afirmou que as atividades presenciais podem ser revistas.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.