Conectar busca mais testes de covid e vacinas infantis para os municípios

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Carlos Bassan

Criado com intuito de negociar a compra de vacinas pelos municípios quando a vacinação de adultos ainda não deslanchava no país, o Consórcio Conectar, ligado à Frente Nacional de Prefeitos, agora atua em outras questões relacionadas à pandemia.

O prefeito de Florianópolis (SC) e presidente do Conectar, Gean Loureiro (DEM), conta como tem sido a atuação do consórcio nos últimos meses. “O consórcio Conectar é formado por 2.100 prefeituras do Brasil, é o maior consórcio público do país, o objetivo, além de dar maior agilidade à vacinação, ele busca uma interlocução com o Ministério da Saúde, e na pandemia acabou sendo fundamental por ter uma estrutura própria trabalhando em parceria com FNP para que pudesse se concretizar”.

Com a variante ômicron e a disparada de novos casos de covid-19, o consórcio atuou junto ao Ministério da Saúde em busca de garantir a testagem dos pacientes de covid-19, e 15 milhões de testes rápidos serão disponibilizados até o final do mês. “Semana passada o Ministério confirmou a vinda de 15 milhões de testes, até o final de janeiro virão mais 15 milhões de testes antígenos, dando um suporte nesse período de alta transmissibilidade em que é necessário testar o máximo possível para que os contaminados possam se isolar e diminuir essa transmissibilidade”.

O Conectar tem atuado também em relação à vacinação infantil. “Orientação do consórcio é buscar dar agilidade necessária para acelerar, garantindo a imunização ainda mais rápida da população, especialmente das crianças. Permite aos municípios irem se organizando nessa operação de aplicação das vacinas, ou seja o consórcio acaba intermediando todo um processo”, explica Loureiro.

Nesta segunda-feira (17) uma reunião virtual da diretoria executiva do consórcio discutiu temas importantes no combate à pandemia pelos municípios, como por exemplo, a liberação dos auto testes pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o aumento do repasse de verbas do governo federal para financiamento de leitos.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.