O brilho de Gilberto Gil em Realce

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Na segunda metade dos anos de 1970 Gilberto Gil lançou uma trilogia no qual o fio condutor era a semelhança nos títulos resultando nos álbuns Refazenda, Refavela e finalmente Realce de 1979, este último pegou carona na cena da back music norte-americana e apresentou uma série de sucessos.

Já trabalhando em uma nova gravadora ,Gilberto Gil e o produtor Marco Mazzola receberam o sinal verde e foram  beber direto na fonte do estilo disco – funk em um estúdio em Los Angeles e tiveram como apoio nas  gravações alguns  integrantes  do   badalado conjunto    Earth, Wind and  Fire.

O brilho intenso o  lp Realce trouxe também uma  resposta de Gil ao  colocar  os gringos pra balançar ao som do ritmo da Bahia  com o  grande trunfo a canção Toda Menina Baiana, composição de Gil feita para homenagear os trejeitos de sua filha Nara.

Confira esta edição

entre em contato

[email protected]

Apresentação

Robson Santos

Produção

Walmir Bortoletto

Edição

Marcelo Elói

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

A história da bela canção Aquarela

No início  de 1980 o musico   italiano  Maurício Fabrizio veio ao Brasil trabalhar com Toquinho e ao compartilharem suas composições  um antiga música de Toquinho

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.