Valinhos volta a adotar medidas de restrição para conter pandemia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação/DAEV

A Prefeitura de Valinhos adotou medidas restritivas mais rígidas para tentar combater o avanço dos casos de covid-19, e a pressão no sistema de saúde do município. Essas medidas já entraram em vigor na sexta-feira, dia 28. As medidas foram motivadas pelo acelerado crescimento de novas internações pela covid. Os leitos do SUS exclusivos para pacientes do coronavírus já atingiram 100% de ocupação na Santa Casa. Segundo a Prefeitura, os índices atuais de ocupação de leitos deixariam a cidade na fase vermelha do Plano São Paulo, de acordo com critérios adotados nas duas primeiras ondas da covid-19.

A prefeita Capitã Lucimara, do PSD, destacou que as medidas agora tem um foco diferente do determinado nas ondas anteriores da pandemia. “As medidas que eram suficientes no período anterior da pandemia já não se fazem necessárias, nós precisamos adaptar essa medida, pois a transmissão ocorre em locais onde as pessoas ficam sem máscara, e sem controle”.

Reprodução / Prefeitura de Valinhos

Dentre as principais ações estão o cancelamento de eventos públicos e privados durante o carnaval; fiscalizações da Guarda Municipal em boates e eventos na cidade que gerem aglomerações; limitação de 50% da capacidade de público, com distanciamento e sem aglomerações, em festas, eventos, incluindo também limitação em igrejas, salões de festas/eventos e academias da cidade.

Também foi determinado o distanciamento mínimo de 1,5 m entre as mesas nos bares e restaurantes, mantendo sempre o público sentado; recomendação para o teletrabalho (ou home office) em serviços administrativos nos setores público e privado, e a proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos após às 23 horas. “Quero ressaltar a importância dessa medida: Quando a gente fala do uso de bebidas alcoólicas há o aumento de acidentes de trânsito, e essas vítimas acabam pressionando o sistema de saúde que já vai estar lotado por conta da covid, então é uma das medidas para tirar a pressão do sistema de saúde”.

Outra medida é a volta das barreiras sanitárias a partir das quintas-feiras para fiscalizar o cumprimento dos protocolos sanitários, e uma força-tarefa especial para vacinar todas as crianças da cidade.

*Atualizado às 12h35

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.