Campinas confirma duas mortes por covid-19 em abril

Foto: Flávio Paradella

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta quarta-feira mais duas mortes por covid-19 em Campinas. Um homem de 82 anos veio a óbito na última sexta, dia 8, e um de 81 morreu no último domingo, dia 10 de abril. A cidade contabiliza 5.054 óbitos pela doença.

Foram confirmados mais 388 casos positivos da covid-19 nesta quarta, totalizando 197.730.

Somando a primeira, segunda, dose única e reforço contra a covid-19, já foram aplicadas na cidade 2.709.623 doses da vacina, sendo 633.376 das doses adicionais.

Campinas continua com fila de crianças à espera de um leito para enfermaria. Nesta quarta-feira, 59 estão internadas em vagas de enfermaria e 12 estão em pronto-socorro à espera de leito na rede SUS municipal. 

No caso da UTI Infantil, 79 das 96 vagas estão ocupadas, o que corresponde a 82,2%. Do total de leitos de UTI pediátricos ocupados, 44 são por crianças com SRAG, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. 

O município conta nesta quarta com 85 leitos de UTI para pacientes adultos com Síndrome Respiratória Aguda Grave nas redes municipal, estadual e particular. Deste total, 36 estão ocupados, o que corresponde a 42,3%, com 49 leitos livres. 

De acordo com o boletim, são 17 pacientes adultos com covid-19 internados em enfermaria e cinco em UTI.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.