Campinas deixa de ter crianças com SRAG esperando por leito

Foto: Flávio Paradella

Depois de dias seguidos com fila de espera, Campinas conseguiu zerar a falta de leitos para crianças com síndrome respiratória. Nesta quinta-feira, das 97 vagas de UTI Infantil, 92 estão ocupadas, o que corresponde a 94,8%.

Do total de leitos de UTI pediátricos ocupados, 53 são por crianças com SRAG. A rede SUS municipal tem 59 crianças internadas em leitos de enfermaria e nenhuma aguarda vaga em pronto-socorro.

O boletim epidemiológico diário da Secretaria Municipal de Saúde desta quinta-feira registrou mais três mortes por covid-19 em Campinas, sendo dois homens e uma mulher. A cidade contabiliza 5.040 óbitos pela doença.

Um homem de 87 anos morreu no sábado, 2 de abril, e uma mulher de 64 veio a óbito em 31 de março. A terceira morte confirmada aconteceu em 29 de janeiro, de um homem de 92 anos.

Foram confirmados mais 351 casos positivos da covid-19 nesta quinta, totalizando 195.900.

Somando a primeira, segunda, dose única e reforço contra a covid-19, já foram aplicadas na cidade 2.685.441 doses da vacina, sendo 614.353 das doses adicionais.

O município conta nesta quinta com 86 leitos de UTI para pacientes adultos com Síndrome Respiratória Aguda Grave nas redes municipal, estadual e particular. Deste total, 42 estão ocupados, o que corresponde a 48,8%, com 44 leitos livres. 

De acordo com o boletim, são 25 pacientes adultos com covid-19 internados em enfermaria e oito em UTI.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.