Secretário projeta reabertura do teatro no CCC para 2024

Foto: Arquivo/CBN Campinas

A Prefeitura de Campinas prevê a reabertura do teatro localizado no Centro de Convivência Cultural, no bairro do Cambuí, para 2024. As obras de reforma do espaço estão na primeira etapa do edital e a licitação para a segunda e última fase está prevista para junho deste ano.

O secretário municipal de Infraestrutura, Carlos José Barreiro, afirma que os trabalhos estão dentro do cronograma estabelecido, sem atrasos. “A previsão que está no contrato é de finalizar em outubro. Estamos reformando a parte interna”, explica.

Segundo Barreiro, ainda existem itens que estão em discussão para que o processo de licitação possa ser iniciado dentro de dois meses. “É um projeto bastante detalhado. Temos que ter cuidado na preparação dos orçamentos para não ter dificuldade na realização da licitação”, diz.

Na segunda fase da reforma, os equipamentos para o uso do teatro serão colocados, como som, iluminação e infraestrutura.

O custo da parte final das obras está orçado inicialmente em R$ 25 milhões. Parte do recurso deve vir do Governo do Estado.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.