Governador anuncia menos leitos pediátricos que o solicitado na região

Foto: Celina Silveira

 

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), anunciou nesta quinta-feira (26) a abertura de 31 leitos pediátricos para a região de Campinas. Do total, 16 vagas (6 de Unidade de Terapia Intensiva e 10 de Unidade Semi-intensiva) serão abertas no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp e outras 15 (5 de UTI, 5 de USI e 5 de urgência) vão ser instaladas no Hospital Estadual de Sumaré.

Os leitos vão ser entregues na próxima quarta-feira, dia 1º de junho. O investimento é de R$ 2 milhões e deve garantir o funcionamento das vagas por 120 dias.

O anúncio do Governo do Estado está muito abaixo do prometido no início desta semana. Na segunda-feira, após reunião na Prefeitura de Campinas, o governo estadual se comprometeu com a entregar entre 68 e 72 leitos na região.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (26), o governador Rodrigo Garcia afirmou que vai fazer mais anúncios nas próximas semanas.

“Esse é o primeiro anúncio de um esforço emergencial que foi feito para que a gente, já a partir de 1º de junho, pudesse ter 31 leitos abertos de pediatria. Esse esforço continua, nossa DRS está dialogando com as prefeituras, os prefeitos também estão comprometidos em ajudar a abertura desses leitos e nós teremos novos anúncios nas próximas semanas.” 

O prefeito Dário Saadi (Republicanos) afirmou que vai manter a comunicação com o Governo do Estado para garantir mais vagas de pediatria para a região, o que deve  diminuir a taxa de ocupação dos leitos nos hospitais de Campinas.

“Tanto a gente tem capacidade de agir como também vamos continuar negociando com o Governo do Estado esses outros leitos na Região Metropolitana porque, durante essa crise, nós chegamos a ter 35% dos pacientes atendidos no setor de pediatria (seja enfermaria ou UTI) da região. Então, há necessidade de abertura de leitos inclusive para os próximos anos. Nós não podemos esperar ter fila de pediatria para abrir leitos.”

Nesta quinta-feira (26), o SUS Municipal tinha apenas uma vaga de UTI disponível e onze crianças que estavam em prontos-socorros aguardavam por vagas de enfermaria.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.