Após apreensão de cigarros em Hortolândia, PF faz operação no Paraná

Foto: Valéria Hein

A Polícia Federal de Campinas cumpre nesta terça-feira cinco mandados de busca e apreensão e ações de bloqueio judicial de 13 veículos em Maringá, no Paraná, contra uma quadrilha que comercializa cigarros falsificados.

O nome da operação é “Smog”, junção das palavras em inglês “smoke” (fumaça) e “fog” (nevoeiro).

A ação acontece após a prisão de seis pessoas, em maio, na cidade de Hortolândia. 

Eles foram flagrados pela Polícia Militar fazendo transbordo de uma carga avaliada em R$ 1 milhão em cigarros na região da Avenida Antônio da Costa Santos.

Segundo a PF, a investigação descobriu que a quadrilha tem “sede” na cidade do interior do Paraná.

“As informações colhidas sobre veículos e pessoas envolvidas levou à identificação de outras pessoas, inclusive jurídicas, residentes e sediadas na cidade de Maringá, voltadas à distribuição de cigarros estrangeiros ilegais no interior do estado de São Paulo”, informou por meio de nota. 

Ainda não há informações se outras pessoas foram presas no Paraná.

Os que já foram detidos na região de Campinas vão responder por contrabando e associação criminosa, com penas que podem chegar a 8 anos de reclusão. 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.