MP arquiva denúncia de “rachadinha” no gabinete de Nelson Hossri

O Ministério Público de São Paulo decidiu arquivar a denúncia de que haveria um esquema de “rachadinha” no gabinete do vereador Nelson Hossri (PSD), em Campinas.

Rachadinha é o termo usado para as situações em que políticos que ocupam cargos públicos ficam com parte dos salários dos assessores.

De acordo com a denúncia, o parlamentar ficaria com parte dos salários dos assessores indicados e nomeados tanto na Câmara quanto na Prefeitura – percentuais de devolução chegariam a 70%.

Hossri também era denunciado por suposto nepotismo na nomeação de assessores de gabinete.

Segundo o promotor Angelo Carvalhaes, no despacho em que determinou o arquivamento da ação, “não há nos autos indícios de veracidade dos fatos descritos com relação à alegada rachadinha, quanto ao eventual nepotismo”.

As denúncias também foram feitas contra outros sete vereadores, mas não há informações se os processos também foram arquivados.

Nelson Hossri comemorou a decisão, e explicou que atendeu ao pedido do MP disponibilizando todas as contas bancárias dele e dos assessores.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.