Campinas registra queda de 17% na geração de empregos formais

Foto: Guilherme Pierangeli

Apesar do aumento de 20,3% na geração de empregos formais na RMC, Campinas apresentou uma queda de 17,14% nesse segmento.

O setor que mais apresentou aumento na Região foi o da Construção Cìvil, com 559 contratações, um aumento de 76,90% em relação às 316 vagas geradas em abril .Por outro lado, a cidade de Campinas também teve uma queda nesse segmento. Uma diminuição de 13% nas vagas geradas.

O setor do Comércio vem logo atrás nesta lista com 1.585 postos de trabalho criados em maio, 36,52% a mais do que em abril deste ano, quando 1.161 vagas foram abertas na Região Metropolitana de Campinas.

Já a maior redução foi na Indústria de Transformação. Foram 143 novas vagas em maio de 2022. Em abril foram 210 novos postos de trabalho, ou seja, uma queda de 31,90%. Logo em seguida está o segmento de Serviços, com 984 novas vagas, caindo 27,22%

No Brasil, o emprego formal com carteira assinada teve um saldo positivo em maio de 2022, com 277.018 postos de trabalho criados. Porém, se comparado com o mesmo período do ano passado, houve uma queda de 1,30%.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.