Ouça ao vivo

Quadrilha suspeita de mais de 10 roubos é presa após matar motorista por aplicativo em Pedreira

Quatro pessoas suspeitas de envolvimento em mais de 10 ocorrências de roubo foram presas na manhã desta terça-feira (21) após assaltar e matar um motorista por aplicativo. A vítima, que tinha 26 anos, desapareceu e teve o corpo localizado em uma área de mata em Pedreira, com um tiro na nuca.
Foto: Reprodução/ EPTV

Quatro pessoas suspeitas de envolvimento em mais de 10 ocorrências de roubo foram presas na manhã desta quarta-feira (22) após assaltar e matar um motorista por aplicativo. A vítima, que tinha 26 anos, desapareceu e teve o corpo localizado em uma área de mata em Pedreira, com um tiro na nuca.

De acordo com o delegado Alexandre Henrique da Silva, Eliel Rodrigues Soares sumiu por volta das 20h após fazer várias transferências bancárias que totalizaram cerca de R$ 900. O valor foi retirado de uma conta que ele tinha com um irmão, que ficou desconfiado. A polícia foi chamada e deu início às buscas.

Ainda não há informações de como a abordagem ocorreu, mas o delegado afirma que as transferências foram feitas pelo celular da vítima que, naquele momento, já estava morta. O carro que ele usava para trabalhar não foi roubado.

O delegado também afirma que eles cometeram mais de 10 roubos só em Pedreira. Além dos quatro homens presos nesta terça, a polícia acredita que outros envolvidos nesses crimes continuam soltos.

Outra motorista por aplicativo afirma ter sido vítima do mesmo grupo. Atuando para uma empresa que estuda colocar câmeras de segurança dentro dos carros, ela contou à EPTV, afiliada da TV Globo, detalhes da situação que vivenciou.

Por meio de nota, a Karbi, responsável pelo transporte por aplicativo, informou que está colaborando com o caso e disponibilizando todas as informações necessárias para a investigação.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Mais de 400 presos não retornaram das “saidinhas” temporárias em Campinas 

Nos últimos dois anos, 434 presos do CDP (Centro de Progressão Penitenciária) Ataliba Nogueira, em Campinas, não retornaram à unidade após as cinco “saidinhas” temporárias previstas nesse período. 

O número representa 4,4% do total de 9.778 beneficiados desde o ano passado e ficou acima da média registrada na região, quando são somadas todas as unidades prisionais.

PF prende mulher de 24 anos e apreende 13kg de maconha, em Viracopos 

A Polícia Federal prendeu, nesta terça-feira, uma passageira de 24 anos, no Aeroporto Internacional de Viracopos. Na bagagem dela, a polícia localizou 13kg de maconha. 

De acordo com informações da corporação, a mulher embarcou no Aeroporto de Manaus e tinha Campinas como destino final.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.