Ouça ao vivo

‘Rei do Queijo’ é solto dois dias após se entregar à polícia

Foto: Reprodução/EPTV

A prisão preventiva do comerciante José Peres, conhecido como “Rei do Queijo”, foi revogada pela Justiça nesta terça-feira. O empresário é réu por matar o motorista por aplicativo Jean Carlos Santos Novais, de 26 anos, e enterrar o corpo em uma praça no bairro Vila Nova, em Campinas, em abril do ano passado. 

O comerciante havia se entregado à polícia no último domingo após permanecer foragido por seis meses. Na semana passada, a Justiça havia negado o pedido da defesa de Peres para que ele participasse de uma audiência de instrução de forma virtual. 

Ao portal g1 Campinas, do Grupo EP, o advogado de José Peres, José Sérgio do Nascimento Júnior, confirmou que o Alvará de Soltura foi cumprido nesta terça no Centro de Detenção Provisória de Campinas.  

O juiz que expediu o alvará entendeu que, na audiência de instrução, a hipótese de um homicídio por dívida trabalhista não foi confirmada e, com isso, o crime se mostrou de menor gravidade, sem ser qualificado por motivo fútil. 

Mesmo com o empresário solto, o juiz estabeleceu uma série de medidas que José Peres precisa cumprir com a soltura. Ele está proibido de falar com testemunhas sobre os fatos apurados; não pode se aproximar das testemunhas com quem não trabalha a menos de 200 metros; fica proibido de sair da cidade por mais de cinco dias sem prévia autorização judicial e será monitorado por tornozeleira eletrônica. 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.