Após paciente agredir enfermeira, PA Campo Grande paralisa atendimento, em Campinas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Os funcionários do PA Campo Grande, em Campinas, paralisaram as atividades po na manhã terça-feira e só voltaram ao trabalho após a Guarda Municipal permanecer no local. O motivo da paralisação foi a agressão verbal de um paciente contra uma enfermeira.

A paralisação atrasou ainda mais o atendimento que já costuma ser demorado, de acordo com pacientes, que chegaram a esperar de 5 a 4 horas para a consulta.

O dirigente do sindicato dos servidores de Campinas, Luciano Santos, explica que a enfermeira agredida ficou abalada emocionalmente. Os funcionários concordaram em voltar ao trabalho, após a GM garantir que permaneceria na até às 8 horas da noite

No entanto, a medida não é suficiente. Os funcionários querem uma base fixa da GM no local. De acordo com Luciano, a agressão de pacientes insatisfeitos com a demora no atendimento está se tornando cada vez mais comum.

Ele conta que só em outubro, além da enfermeira, um médico também sofreu agressão e desta vez de forma física. A Rede Mário Gatti informou que o atendimento no PA Campo Grande foi interrompido por cerca de 15 minutos e que durante este período, casos de urgência e emergência continuaram sendo atendidos normalmente.

Informou ainda que na manhã desta terça-feira, sete médicos estavam em atendimento, sem espera para as classificações amarelo e vermelho e duas horas para os casos de ficha azul, que são os casos de menor risco, lembrando que a Organização Mundial da Saúde preconiza que para estes casos, o tempo de espera pode ser de até 4 horas.

O PA Campo Grande conta com equipe de segurança patrimonial e a Rede Mário Gatti solicitou que a Guarda Municipal intensifique as rondas no local.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos