Moradora de Holambra pode ser indenizada após SUS fornecer medicação errada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O município de Holambra terá de pagar R$ 30 mil em indenização para uma moradora que sofreu hemorragia e ficou internada na UTI por 26 dias após tomar medicação errada fornecida em uma farmácia do SUS.

A condenação foi confirmada nesta quarta-feira em 2a instância pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, mas ainda cabe recurso.

Nos autos, consta que a paciente sofreu hemorragia intestinal, vômito com sangue e lesões avermelhadas no corpo, por causa da medicação errada fornecida pelo município. Além disso, ao ficar internada na UTI, sofreu insuficiência respiratória aguda, infarto do miocárdio e precisou até de cirurgia.

Em nota, a Prefeitura de Holambra disse que o processo ainda se encontra em fase recursal, e que se confirmada a decisão, a indenização será paga. A nota também informou que serão tomadas as medidas cabíveis ao servidor responsável pela situação. 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também