Conheça algumas canções que foram usadas no hit do trio Deee-lite

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Lançada em 1990, Groove is in the Heart pode ser chamada de hino das pistas de dança. Ela é garantia de animação e de pessoas cantando junto o refrão, mesmo que não sabiam a letra . É lógico que o visual psicodélico e colorido dos integrantes do grupo Deee-Lite ajudou , mas esse sucesso tem a participação intelectual de muito mais gente, a começar pelo aviso que antecede a música.

Esse trecho originalmente é mais lento e pertence ao artista Grego Tommy Ginapopoluis. Nele, a dançarina Bel Sha Zaar explica ao ouvinte que vai ensinar a arte da dança do ventre.

O grupo Deee-Lite era formado pela cantora Lady Miss Kier e pelos Dj’s Dmitry e Towa Tei, o que obrigava a contratação de músicos. E no contrabaio a escolha foi por Bootsy Collins, que além de ter desenvolvido carreira solo, já havia particiapado de grupos que fizeram história no funk.

Assim como a introdução, a linha do baixo também é de uma música da decada de 60 . Nome forte no jazz, o tecladista Herbie Hancock é o autor da composição que inspirou o trio.

Já a batida e os apitos ouvidos em Groove is in The Heart vieram de um artista pouco conhecido.

O Guitarrista Vernon Bunch pertenceu ao grupo de funk Bar Kays, mas decidiu tentar carreira solo. Embora não tenha tido sucesso, está no meio da música Get Up, quando o baterista é deixado sozinho, a base que serviu para o sucesso de Deee-Lite.

De repente Groove is in The Heart muda o ritmo e fica mais rápida

A novidade nesse trecho é só a letra do rap, pois a inspiração está numa versão do cantor Eddie Jefferson.

Pequenos detalhes  de outras musicas também ajudaram a construir Groove is in The Heart, mas a produção do Deee-Lite tem o crédito de ter unido todas essas idéias e criado um clássico para dançar

 

Confira esta edição

 

 

entre em contato

musicaecultura@cbncampinas.com.br

Produção

Walmir Bortoletto

Edição

Paulo Girardi

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

A sonoridade de Jimi Hendrix

Segundo os teóricos, ruído é a ausência de comunicação. Mas para Jimi Hendrix, o que parecia ser um defeito técnico indesejável se transformou em forma de expressão ao incorporar o elemento da microfonia em seus arranjos e solos de guitarra. James Marshall Hendrix  nasceu em  Seatle em 1942. Fã de blues cresceu ouvindo BB king, Muddy Waters e Robert Johnson. Depois de ficar  um pouco mais de um ano na divisão de paraquedistas do exército,  Hendrix começou a trabalhar como músico contrato de vários  artistas como The Isley Brothers e  Little Richard.

Bossa Nova Turbinada!

No início dos anos 60 a bossa nova   começava  a formar  a sua segunda geração  de artistas.   E  Marcos Valle  com apenas 19 anos de

Universo sonoro de Pulp Fiction

Badalado nos anos 90 pela indústria cinematográfica dos Estados Unidos  o diretor, ator   e roteirista Quentin Jerome Tarantino conquistou  bastante prestígio no início de