O início da carreira solo de Ringo Starr

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com o término do grupo mais famoso de todos os  tempos, era inevitável que cada integrante dos Beatles buscasse seu espaço na carreira solo.

Isso aconteceu também com o baterista Ringo Starr que exercitou os lados cantor e compositor.

No inicio de  1970, Ringo começou  a registrar, a canção que viria a ser o seu primeiro sucesso.

As primeiras sessões de It don’t come easy  tiveram o acompanhamento do produtor dos Beatles George Martin

Mas   o trabalho de finalizar  a produção coube  a   outro ex- Beatles,  George Harrison que inclusive  tocou guitarra .,

Ela “,  foi  lançada em 1971 , somente em compacto e chegou  a quarta posição nas paradas britânica e americana

Em Lp  It don’t come easy , só saiu em 1975, na primeira coletânea da carreira do Ringo Starr

 

Confira esta edição 

 

 

entre em contato

musicaecultura@cbncampinas.com.br

Produção

Walmir Bortoletto

Edição

Paulo Girardi

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

CBN Campinas

99,1 FM

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

O LP que marcou a carreira de Lou Reed

Em 1972 Lou Reed com seu  projeto  solo,  atingiu uma maturidade com o lançamento do seu segundo Lp Transformer . Quem acompanha a fundo a obra desse cantor, guitarrista e compositor diz que nesse projeto ele conseguiu finalmente desenvolver suas ideias.

Somebody to love o sucesso da banda Jefferson Airplane

Em 1967 a contracultura ganhava força nos Estados Unidos. A juventude  Hippie fazia o sinal da paz e protestava contra a guerra do Vietnã O gênero que servia de trilha sonora era o folk, mas já com influencia da guitarra no rock. E nessa linha entra Somebody to Love do grupo Jefferson Airplane.