Professora inclui estudantes com deficiência por meio de impressão 3D

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Professora Graciele Rodrigues resolveu utilizar uma impressora 3D para ajudar a incluir um aluno do segundo ano do ensino médio.

clique no player abaixo para ouvir o programa na integra:

 

Em Terra Boa, cidade do interior do Paraná, a professora Graciele Rodrigues resolveu utilizar uma impressora 3D para ajudar a incluir um aluno do segundo ano do ensino médio, que é deficiente visual em sua totalidade, ou seja, tem 0% da visão.

Graciele desenvolveu uma técnica para transformar peças artísticas bidimensionais em figuras 3D. Para isso, contou com a ajuda de um professor de filosofia e de mais 5 alunos que auxiliaram no projeto gratuitamente.

Depois de muitas tentativas, muitas obras descartadas e muito material jogado fora, conseguiram um resultado muito expressivo. Imprimiram de forma tridimensional a obra de Tarsila do Amaral, o Abaporu. O aluno com deficiência foi capaz de entrar na discussão e dialogar sobre o período em que a obra foi realizada. 

Outro fator bem importante, além do uso da tecnologia para melhorar o aprendizado, o estudante se abriu mais e se sentiu muito mais incluído e à vontade para se integrar ao resto da turma. O objetivo da professora é conseguir maior adesão dos estudantes da escola e alcançar mais alunos com deficiência visual de outras escolas.

 


 

Você não sabe o que é um podcast? Assiste o vídeo e veja como é simples acompanhar estes novos conteúdos da CBN Campinas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também