Cientistas criam robô por meio de células-tronco de sapos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O objetivo é usar os Xenobots para coletar e limpar material radioativo, coletar microplásticos nos oceanos, levar medicamentos dentro do corpo humano ou até desentupir artérias. 

clique no player abaixo para ouvir o programa na integra:

Segundo a CNN, cientistas da Universidade de Vermont criaram os primeiros robôs com vidas e auto curáveis através de células troncos de sapos. 

Os Xenobots, chamados assim em homenagem a um tipo de sapo africano, o xenopus laevis. 

O objetivo é usar os Xenobots para coletar e limpar material radioativo, coletar microplásticos nos oceanos, levar medicamentos dentro do corpo humano ou até desentupir artérias. 

Além disso, eles podem ajudar os cientistas a aprender mais sobre a biologia celular humana e ajudar a entender mais sobre como aumentar a longevidade humana. Segundo os cientistas, por mais que possa parecer uma ficção científica distópica, os robôs são pré programados e não podem se desenvolver ou evoluir. 

Dessa maneira é improvável que a inteligência artificial dos robôs fuja do controle. E você? Acredita que micro robôs podem mudar nossas vidas ou acha que pode ser o princípio de uma grande revolução das máquinas?

Quero saber sua opinião, me procure no instagram, twitter e no facebook para gente continuar este diálogo.

 


Você não sabe o que é um podcast? Assiste o vídeo e veja como é simples acompanhar estes novos conteúdos da CBN Campinas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de Coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

CBN Campinas

99,1 FM

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Israel começa monitorar celulares de contaminados com o coronavírus

O governo de Israel aprovou medida para que a força tarefa de crise comece a usar o rastreamento de aparelhos de celular na busca por pessoas infectadas. A Associação dos Direitos Civis de Israel está chamada essa iniciativa “precedente perigoso”. Ouça este e outros assuntos nesta edição do Transformação Digital CBN.