Estudo revela: aplicativos de relacionamento podem estar vendendo informações

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Segundo o conselho de consumidores da Noruega, com sede em Oslo, os aplicativos de relacionamento, como Grindr, Tinder e outros estariam divulgando informações sensíveis e infringindo o direito à privacidade do usuário.

clique no player abaixo para ouvir o programa na integra:

Segundo o conselho de consumidores da Noruega, com sede em Oslo, os aplicativos de relacionamento, como Grindr, Tinder e outros estariam divulgando informações sensíveis e infringindo o direito à privacidade do usuário.

O Grindr, por exemplo, estaria passando a empresas de marketing informações relacionadas à orientação sexual dos usuários, localização e parceiros preferidos. 

Outros aplicativos estariam sendo acusados da divulgação informações de resposta a questionários, como se o usuário já teria feito uso de drogas psicodélicas. Assim, as empresas que compram esses dados, podem criar campanhas super segmentadas com essa informação, influenciando o comportamento delas. 

A partir de agosto, de 2020, começa a vigorar em território nacional a lei geral de proteção de dados, ou simplesmente LGPD. Segundo a legislação, as empresas com posse dos dados do usuário, só poderão utilizá-los com total consentimento do mesmo. 

As punições para quem o fizer sem consentimento podem ir desde uma simples advertência até uma multa de até 50 milhões de reais.

Voltando ao caso dos aplicativos, o conselho de consumidores da Noruega concluiu que todo mundo que tem estes programas instalados no celular, compartilha dados sensíveis com milhares de pessoas que você nem conhece.

E você? Acredita que a privacidade possa ser preservada? Quero saber sua opinião, me procure no instagram, twitter e no facebook para gente continuar este diálogo.

 


Você não sabe o que é um podcast? Assiste o vídeo e veja como é simples acompanhar estes novos conteúdos da CBN Campinas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de Coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Israel começa monitorar celulares de contaminados com o coronavírus

O governo de Israel aprovou medida para que a força tarefa de crise comece a usar o rastreamento de aparelhos de celular na busca por pessoas infectadas. A Associação dos Direitos Civis de Israel está chamada essa iniciativa “precedente perigoso”. Ouça este e outros assuntos nesta edição do Transformação Digital CBN.